quinta-feira, 24 de abril de 2014

TEMA LIVRE - PERGUNTAS E RESPOSTAS - JDE - ANDRÉ LUIZ (ZECH) - 24-04-2014

http://youtu.be/QjR0d2berVI

LIVRO IDEAL ESPIRITA - CHICO XAVIER POR AUTORES DIVERSOS

DESEQUILÍBRIOS
Espírito: ALBINO TEIXEIRA

O início das grandes obsessões é semelhante à pequenina brecha no açude que por vezes não passa de pedra desconjuntada ou de fenda oculta.
Os desequilíbrios da alma começam igualmente de quase nada, principalmente por atitudes e sentimentos aparentemente compreensíveis, mas que, em muitas ocasiões, se deslocam no rumo de ásperas consequências.
Desconfiança.
Dúvida.
Irritação.
Desânimo.
Ressentimento.
Impulsividade.
Invigilância.
Amargura.
Tristeza sem nexo.
Grito de cólera.
Discussão sem proveito.
Conversa vã.
Visita inútil.
Distração sem propósito.
Na represa, ninguém pode prever os resultados da brecha esquecida.
No caso da obsessão, porém, que, no fundo, se define por assunto de consciência, é imperioso que todos nós venhamos a reconhecer que, em toda e qualquer crise de fome, não é o pão que procura a boca.

quarta-feira, 23 de abril de 2014

ESTUDO DO LIVRO DOS MÉDIUNS - DISSERTAÇÕES ESPÍRITAS - CAP. 31 - SOBRE O MÉDIUNS - SALA JESUS E A DOUTRINA DOS ESPÍRITOS - EXPOSITOR: ANDRÉ LUIZ (ZECH) - 23-04-2014

http://youtu.be/Jgv9zrMrlCM

LIVRO IDEAL ESPIRITA - CHICO XAVIER POR AUTORES DIVERSOS

ANTEVIDÊNCIA DIVINA
Espírito: ANDRÉ LUIZ

Observe as lições silenciosas que o seu próprio corpo lhe administra, revelando a Antevidência Divina.
Não siga desacautelado.
Seus pés não se apoiam à terra à feição de simples esteios com vontade própria.
Respeite as faculdades genéticas.
Não é por acaso que os órgãos sexuais apenas funcionam sob a sanção do pensamento...
Coma moderadamente.
Seu estômago não é um só devido à falta de espaço no ventre...
Eduque as manifestações motivas.
Não é à toa que o motor de seu coração vive durante a existência inteira vibrando oculto na caia do peito...
Trabalhe sempre.
Suas mãos se encontram desfrutando ampla liberdade de ação, na ponta dos braços, por meros enfeites...
Fale com parcimônia.
Sua língua não vive enclausurada no cárcere da boca por ser feia...
Escute atenciosamente.
Seus ouvidos não existem quais janelas incapazes de vedamento por descuido do Construtor Celeste...
Veja mais além.
Seus olhos não estão elevados sobre a face somente para olharem para baixo...
Discirna tudo.
Sua mente não trabalha como torre de comando de todo o corpo tão só para coroa-lhe a estética...
Atenda à consciência.
Se ela não surge visível em seu organismo é para não ter a voz selavel...
Lembre-se, o seu corpo assinala a Excelsa Sabedoria e o Amor Ilimitado  d´Aquele que é a Inteligência Suprema e a Causa Incriada de Tudo.

terça-feira, 22 de abril de 2014

ESTUDO DO LIVRO OBRAS PÓSTUMAS - EXTRATOS EXTRAÍDOS DO LIVRO DAS PREVISÕES CONCERNENTES AO ESPIRITISMO" (12) - Constituição do Espiritismo / I - Considerações prelimiares - (12) EXPOSITOR: ANDRÉ LUIZ (ZECH) - 22/04/2014

http://youtu.be/t76SM24ciRY

LIVRO IDEAL ESPIRITA - CHICO XAVIER POR AUTORES DIVERSOS

REINAMENTOS E REGIMES
Espírito: SCHEILLA

Dizes-te interessado no corpo robusto e confias-te a severas disciplinas, com ginástica rigorosa e desportos educativos.
Afirmas-te doente e consagras-te a tratamentos de sacrifício, suportando largos jejuns e ingerindo poções amargas.
Não ingressaremos no santuário da educação sem constante exercício no estudo e nem penetraremos a glória do amor, sem a prática incessante da caridade.
O atleta do corpo costuma indagar, sob os aplausos do povo.
- Quantas vezes venci os meus competidores?
-
O atleta da alma pode perguntar a si próprio com a Bênção Divina:
- Quantas vezes venci os meus competidores?
Em nossas atividades morais, na conquista da perfeição, é justo estejamos sempre na regata de suor do trabalho nobre, aprendendo o salto mental sobre as víboras da
calúnia e da insensatez e mantendo-nos na maratona da humildade, em partidas valiosas de tolerância e gentileza no amparo aos semelhantes.
Na defesa de nossa paz íntima, é preciso igualmente não esquecer a abstenção dos pensamentos infeliz, com deliberada fuga aos pratos da maledicência e ao vinagre da crítica, abolindo-se totalmente o vinho da lisonja e o licor do elogio que operam
lastimável embriaguez com a deserção de nossas responsabilidades.
Treinamentos e regimes...
Não prescindes deles na Terra, para que te garantas nos domínios do equilíbrio fisiológico, em questão de eugenismo, saúde e preservação.
Não olvides, porém, que, em favor da harmonia de tua alma, não dispensarás esses mesmos recursos na sustentação da reta consciência e no cultivo da própria felicidade,
porque, somente obedecendo às leis de trabalho e caridade, simplicidade e cooperação é que obteremos os títulos de simpatia e merecimento, capazes de conduzir-nos à alegria triunfante.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

LIVRO IDEAL ESPIRITA - CHICO XAVIER POR AUTORES DIVERSOS

DEFINIÇÕES
Espírito: ANDRÉ LUIZ

Trabalho – bênção do Pai Celeste pela qual expugnemos as próprias imperfeições.
Socorro – ação de auxílio indireto a nós mesmos, através do auxílio direto aos outros.
Estudo – armazém de recursos para o nosso aperfeiçoamento incessante.
Oração – apelo de nossa fé, trazendo a Luz Divina sobre a névoa de nossas limitações humana.
Caridade – luz santificante que revela a Presença do Criador, entre a bondade e a necessidade das criaturas.
Hoje – oportunidade insubstituível para a execução de nossos deveres no campo da Vida Eterna.
Disciplina – lição que podemos aprender com a Natureza em toda parte, sem a qual não estaremos tranquilos em parte alguma.
Verdade – conhecimento relativo acerca do Universo, do Destino e do Ser, que podemos guardar no degrau evolutivo em que nos colocamos.
Perdão – alimento vital de que todos somos necessitados.
Exemplo – prova externa daquilo que somos na intimidade da própria alma.
Perseverança – altar de nossa fidelidade à própria consciência.
Espiritismo – chave de libertação espiritual que Jesus nos oferece, a fim de que nos habilitemos, desde hoje, às conquistas da Imortalidade Vitoriosa.

sexta-feira, 18 de abril de 2014

LIVRO IDEAL ESPIRITA - CHICO XAVIER POR AUTORES DIVERSOS

DEUS PODE
Espírito: MEIMEI

Não fales “não posso” e nem digas “desesperei”...
Quando tiveres de explicar a palavra “exaustão”, deixa que a esperança te refulja em silêncio na boca e sempre que te suponhas na liquidação de todos os sonhos, contempla as flores que desabrocham sobre as ruínas.
Muitas vezes, quem sabe definir o desânimo apenas desencadeia a tragédia, abrindo portas ao crime.
Estendes pão ao faminto e acolhes quem vai sem teto, entretanto, nem sempre atendes ao coração agoniado no próprio peito, rogando-te paciência.
Ouvem-lhe as aflições e pede a Deus te envolva no dom inefável de Sua Bênção.
Se não consegues solucionar as dificuldades que te rodeiam, dize contigo; Deus pode.
Se incapaz de empreender a alteração necessária ao próprio caminho, afirma em tua alma; Deus pode.
Se impossibilitado para corrigir a quem amas, asseveras de novo; Deus Pode.
Se inabilitado para extirpar a angústia que te alanceia, medita em prece; Deus pode.
E perdoando e ajudando sem descansar, aprenderas com Deus que a luz da verdadeira vitória é feita na paciência de cada dia.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

ESTUDO DO LIVRO OBRAS PÓSTUMAS - EXTR. EXTRA. DO LIVRO DAS PREVIS. CONCERN. ESPIRITISMO - ANDRÉ LUIZ (ZECH) - 17/04/2014

http://youtu.be/ErAtpcbd_1o

LIVRO IDEAL ESPIRITA - CHICO XAVIER POR AUTORES DIVERSOS

VEM AI
Espírito: VALÉRIUM

A jovem casara-se com o homem amado, contudo, não suportava a sogra. A nobre dama recebia da nora injúrias, remoques, humilhações.
Não podia acariciar o filho, sob pena de ver-se repentinamente insultada.
Não conseguia trabalhar, coagida pelas críticas incessantes.
Tentava-se se explicar era interpretada por descortês.
Se doente, era obrigada a sofrer pesado martírio para que o filho não sofresse mais que ela própria.
Aproveitando-se de viagem longa do esposo, que se ausentara em serviço, a nora expulsou a velhinha numa noite de frio rude e com tanto desconforto, perambulou a infeliz que voltou à casa, depois de cinco dias, simplesmente para morrer.
Anos rolaram entre as saudades do filho e as queixas da esposa, que nunca se reconciliara com a sogra.
Entretanto, chegou o dia em que a nora também desencarnou e ao perguntar pela sogra veio, a saber, espantada, que ela estava em seu próprio lar. Reencarnara-se, desde muito, e recebera-lhe extremo carinho na posição de filha caçula, tendo ficado na Terra, como apoio afetivo do próprio pai.
***
Não vale o cultivo da aversão de qualquer natureza, porque todo o Universo vive equilibrado na lei do amor.
Quando você voltar a ponto de odiar alguém, não se esqueça de que a reencarnação vem ai.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

ESTUDO DO LIVRO DOS MÉDIUNS - DISSERTAÇÕES ESPÍRITAS - CAP. 31 - SOBRE O MÉDIUNS - EXPOSITOR: ANDRÉ LUIZ (ZECH) - 16-04-2014

http://youtu.be/qHoT1hdpghk

LIVRO IDEAL ESPIRITA - CHICO XAVIER POR AUTORES DIVERSOS

ERROS
Espírito: ANDRÉ LUIZ

Se você fez um erro, admita-o claramente.
Não fuja aos resultados.
Suporte com humildade os remoques da crítica. Não acredite que você possa, de imediato, sanar a brecha em torno de seu nome.
Entretanto, não se ponha a chorar, inutilmente, porque esse não é o seu primeiro erro e nem será o último.
Levante a cabeça e recomece.
Demonstre sinceridade no reajuste.
Inicie a tarefa das boas ações, na escala que lhe seja possível, distribuindo parcelas de você e de sua influência, a quanto você possa ser útil, porque toda vibração de agradecimento funciona por material de reparação.
Trabalhe, ajudando sempre, na certeza de que o trabalho honesto, com o tempo, dissolve toda mágoa e apaga toda censura.
Mas não torne a incidir no mesmo erro, porquanto quem sabe, de antemão, a falta que comete, em verdade, não se encontra na armadilha do erro e sim está manejando, conscientemente, a armadilha do mal.

terça-feira, 15 de abril de 2014

ESTUDO DO LIVRO OBRAS PÓSTUMAS - EXTRATOS EXTRAÍDOS DO LIVRO DAS PREVISÕES CONCERNENTES AO ESPIRITISMO" (10) - Projeto 1868 - EXPOSITOR: ANDRÉ LUIZ (ZECH) - 15/04/2014

http://youtu.be/XoTm9OHMm0Y

LIVRO IDEAL ESPIRITA - CHICO XAVIER POR AUTORES DIVERSOS

ORAR E PERDOAR
Espírito: EMMANUEL

“E quando estiverdes orando, perdoai...” – Jesus. (MARCOS, 11:25).

Como poderá alguém manter a própria consciência tranquila sem intenções sinceras?
De igual modo, poderemos indagar:
- Como sustentar o coração sereno durante a prece, sem análise real de si mesmo?
A oração para surtir resultados essenciais de conforto, exige enfrentemos a consciência em todas as circunstâncias.
Intenções estranhas e sentimentos propositalmente viciados, não se conciliam com o clima favorável à segurança de espírito.
A coexistência do mal e do bem no íntimo do ser impossibilita o estabelecimento da paz.
Sentimentos odiosos e vindicativos impedem a floração da espiritualidade superior.
A Deus não se ilude.
E a oração exterioriza a nossa emoção real.
Dessa maneira, sem a luz da harmonia e do amor, não perceberemos a resposta celeste às nossas necessidades.
A Lei não se dobra às nossas fraquezas, porque a vontade Divina não pode errar com a vontade humana, competindo-nos o dever de adaptarmos-nos aos Excelsos Desígnios.
Atenta, pois, para as diretrizes que imprimes às tuas preces, na certeza de que o perdão deve ter presença invariável em todos os nossos atos para que as nossas petições encontrem livre curso, na direção de Deus.

segunda-feira, 14 de abril de 2014

LIVRO DOS MÉDIUNS - DISSERTAÇÕES ESPÍRITAS - CAP. 31 - SOBRE O MÉDIUNS - (ZECH) - 14-04-2014

http://youtu.be/h8jqBM_kPmQ

LIVRO IDEAL ESPIRITA - CHICO XAVIER POR AUTORES DIVERSOS

SONHOS VIVOS
Espírito: ALBINO TEIXEIRA

A semente no celeiro é sonho vivo; transportada, à lavoura, transforma-se em árvore que produz. Sem isso murcharia no silêncio.
O minério no solo é sonho vivo; conduzido à atividade é matéria prima. Sem isso, por tempo indeterminado, estaria na condição de mero calhau.
O plano de uma construção é sonho vivo; concretizado, porém, é obra de utilidade inapreciável. Sem isso seria mera figuração entregue à poeira.
A escola de pé é um sonho vivo; movimentada pelos obreiros da instrução é oficina de luz. Sem isso não passaria de promessas distantes.
O livro na cabeça do escritor é sonho vivo; carregado ao campo das letras é usina de sugestão. Sem isso desapareceria por visão mental entrevista de longe.
A convicção espírita é também sonho vivo; mas trazida à realidade prática é tarefa para edificação do mundo melhor. Sem isso não passará de clarão escondido.
É por essa razão que todos podemos crer e aprender, discutir e apregoar, consolados, entretanto, no terreno da verdadeira ascensão do espírito nada conseguiremos sem trabalhar.

sexta-feira, 11 de abril de 2014

O EVANGELHO NO LAR - LIVRO FONTE VIVA - DEVAGAR, MAS SEMPRE - ANDRÉ LUIZ (ZECH) - 11-04-2014

http://youtu.be/zyZfljfcvjY

LIVRO IDEAL ESPIRITA - CHICO XAVIER POR AUTORES DIVERSOS

PRECEITOS DE TODA HORA
Espírito: ANDRÉ LUIZ

Caminhe com firmeza. Quem se acomoda com a precipitação tropeça a cada instante.
***
Examine a você mesmo. Na vigilância constante, educarão você os próprios impulsos.
***
Higienize a própria mente, trabalhando no bem sem desânimo. Os cérebros preguiçosos acumulam resíduos indesejáveis.
***
Escute seu irmão sem reproves. A caridade real começa na atenção generosa e amiga.
***
Aperfeiçoe o procedimento. Hoje melhorado é amanhã mais feliz.
***
Ampare o coração combalido. Ninguém pode prever a saúde próxima do próprio coração.
***
Faça luz com a sua palavra. Se hoje pode você orientar é possível que amanhã esteja você rogando conselhos.
***
Sofra com paciência e serenidade. No braseiro da revolta, ninguém consegue aproveitar a dor.
***
Melhores o vocabulário. Há palavras que, excessivamente repetidas, perdem a significação que lhe é própria.
***
Cultive a simplicidade. Embora não pareça, o Universo é imponente conjunto de leis claras e cousas simples.
***
Sirva sempre. O tédio é o salário de quem vive reclamando o serviço dos outros.
***
Improvise o bem onde você estiver. A sombra do mal é assim como o detrito que invade tudo, quando a limpeza está ausente.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

LIVRO IDEAL ESPIRITA - CHICO XAVIER POR AUTORES DIVERSOS

AMANDO SEMPRE
Espírito: MEIMEI

Aproveite o dia e faze o melhor, amando sempre.
Plasma a obra que vieste realizar entre os homens, enquanto o apoio do tempo te favorece.
Suporta com paciência as vicissitudes da estrada e aceita, nas circunstâncias difíceis, a justiça da vida que volta a pedir-te contas.
Na tarefa mais obscura, apõe o selo da bondade, e, na conversação mais simples,
modela a palavra luminosa do entendimento.
Abraça em cada pessoa que te cruze o caminho, alguém que te leve mais longe a mensagem de auxílio, e, em cada página, por mais pequenina, que te registre o pensamento, grava o amor puro que te verte do ser.
Observa o relógio impassível.
Minuto marcado é valor que não torna.
Terás, sim, outros minutos, mas em novo dia, em novo problema, em nova situação e em nova paisagem...
Toda criatura terrestre, embora não perceba, vive a despedir-se do mundo, pouco a pouco, despachando, cada dia, com os próprios atos a bagagem que encontrará na estação de destino.
Use, desse modo, as forças que Deus te empresta, na construção do bem, porque, amanhã, quando a morte chegar, compreenderás, por fim, que tudo quanto fizeste aos outros a ti mesmo fizeste.

quarta-feira, 9 de abril de 2014

ESTUDO DO LIVRO DOS MÉDIUNS - "CAP. XIV - MÉDIUNS FALANTES E VIDENTES - EXPOSITORA: BETH ROSADO - 09-04-2014

http://youtu.be/KmyGFhW8xjA

ESTUDO DO LIVRO DOS MÉDIUNS - DISSERTAÇÕES ESPÍRITAS - CAP. 31 - SOBRE O ESPIRITISMO - (ZECH) - 09-04-2014 (2)

http://youtu.be/H58lHN2KT30

LIVRO IDEAL ESPIRITA - CHICO XAVIER POR AUTORES DIVERSOS

DÍVIDAS
Espírito: EMMANUEL

“Eu sou devedor, tanto a gregos como a bárbaros, tanto a sábios como a ignorantes”. – Paulo. (ROMANOS, 1:14).

O Apóstolo da Gentilidade frisou claramente a sua condição de legítimo devedor de todos e essa condição é a de qualquer outro ser da comunidade humana.
A criatura em si, não é apenas a soma das próprias realizações, mas também o produto de débitos inumeráveis para com o grupo a que pertence.
Cada um deve incalculáveis tributos às almas com quem convive.
Não nos esqueçamos de que vivemos empenhados à boa vontade dos corações amigos...
A sabedoria dos mais experiente...
Ao carinho dos companheiros próximos...
Ao apoio e ao estímulo dos familiares...
Aos nobres impulsos das relações fraternais...
Portanto, pelo reconhecimento das nossas dívidas comuns, provamos a real inconsequência do orgulho e da vaidade em qualquer coração e a impraticabilidade do insulamento em nosso passo evolutivo.
A dívida importa em compromisso e compromisso significa resgate natural ou compulsório.
Todos somos devedores uns dos outros.
Se ainda alimentas algum laivo de superioridade egoística, à frente dos semelhantes, lembra-te das dívidas numerosas, que ainda não saldaste, a começar pelo próprio instrumento físico que te foi emprestado temporariamente.

terça-feira, 8 de abril de 2014

ESTUDO DO LIVRO OBRAS PÓSTUMAS - EXTRATOS EXTRAÍDOS DO LIVRO DAS PREVISÕES CONCERNENTES AO ESPIRITISMO - EXPOSITOR: ANDRÉ LUIZ (ZECH) - 08/04/2014 (9) - Marcha gradual do Espiritismo. Dissidências e entraves.

http://youtu.be/W23u3VBGQTA

LIVRO IDEAL ESPIRITA - CHICO XAVIER POR AUTORES DIVERSOS

VINTE EXERCÍCIOS
Espírito: SCHEILLA

Executar alegremente as próprias obrigações.
Silenciar diante da ofensa.
Esquecer o favor prestado.
Exonerar os amigos de qualquer gentileza para conosco.
Emudecer a nossa agressividade.
Não condenar as opiniões que divergem da nossa
Abolir qualquer pergunta maliciosa ou desnecessária.
Repetir informações e ensinamentos sem qualquer azedume.
Treinar a paciência constante.
Ouvir fraternalmente as mágoas dos companheiros sem biografar nossas dores.
Buscar sem afetação o meio de ser mais útil.
Desculpar sem desculpar-se.
Não dizer mal de ninguém.
Buscar a melhor parte das pessoas que nos comungam a experiência.
Alegrar-se com a alegria dos outros.
Não aborrecer quem trabalha.
Ajudar espontaneamente.
Respeitar o serviço alheio.
Reduzir os problemas particulares.
Servir de boa mente quando a enfermidade nos fira.
***
O aprendiz da experiência terrena que quiser e puder aplicar-se, pelo menos, a alguns
dos vinte exercícios aqui propostos, certamente receberá do Divino Mestre, em plena escola da vida, as mais distintas notas no curso da Caridade.